Drunken Lullabies

um simples narrador em 1ª pessoa, já fui rockeiro, já fui metaleiro, já fui punk, já fui indie, já fui grunge, já fui rotulador e já fui rotulado, hoje aprecio musica, filmes, toco baixo, desafino na cantoria do banho, arranho os básicos do violão, uso a primeira roupa que pego da gaveta, escrevo músicas inteiras nas carteiras, irônico, realista, paranoico, minha mente diverge das minhas ações... uma mistura de personagens desde Doug Funnie até Harold Crick.